Menu

Pesquisar

Baixe o Aplicativo Android

Uma Palavra Especial Para Você

image

O PREÇO DO SACRIFÍCIO

Por: Pr. Rogério Crispim

Texto: II Samuel 24.21-24a

"21 e perguntou: - senhor, por que veio aqui? Davi respondeu: - eu vim para comprar este terreno e construir nele um altar para Deus o Senhor, a fim de que a peste acabe.
22 Então Araúna disse:- senhor, peue tudo o que quiser e ofereça a Deus. Aqui estão os bois para serem queimados como oferta no altar, e aqui as cangas deles; e também as tábuas de debulhar cereais para serem usadas como lenha.
23 Araúna deu tudo isso ao rei e disse: - que o Senhor seu Deus aceite a sua oferta.!
24 a Ma s o rei Davi respondeu: obrigado, não aceito. Eu vou pagar tudo isso. Eu não vou oferecer ao Senhor, meu Deus, sacrifícios que não me custem nada." ( NTLH)

Interessante imaginar o prestígio que tinha o Rei Davi, além da riqueza do seu próprio reino, ele era o homem segundo o coração de Deus; imagine se eu e você fôssemos comerciantes e o presidente ou presidenta viesse comprar a nós, certamente seria uma honra, de forma que abriríamos mão de receber pelo produto em detrimento do prestígio do cliente. E fora justamente isso o que houve com Araúna, em outras traduções é possível encontrar o nome Ornã, derivado do Hebraico com o mesmo sentido.
Araúna oferece tudo ao rei Davi, é possível que ele tenha pensado assim: tudo é teu óh rei, sou apenas um comerciante ao serviço do meu rei, por isso tudo isso eu te ofereço, a fim do senhor meu rei oferecer como sacrifício ao seu Deus. Mas o posicionamento de Davi, muito nos ensina, o rei simplesmente agradece, imagino o semblante do comerciante como não ficara decaído, triste, talvez até decepcionado, mas a postura de Davi é surpreendente: não vou oferecer ao Senhor, meu Deus, sacrifícios que não me custem nada.
As vezes, ou quase sempre, queremos oferecer ao Senhor qualquer coisa, ou que não nos custe nada; é necessário entendermos que o sacrifício maior foi pago lá na cruz, Jesus Cristo, pelo seu amor, graça e misericórdia, suportou todo aquele martírio por amor a mim e a você, que imensa graça é essa? Quanto custou para Jesus o seu sacrifício?
Lhe custou a própria vida; doou-se por mim e por você, se entregou até o ultimo instante, até a ultima gota... Somos homens e mulheres da pós-modernidade, onde achamos que sabemos, achamos que temos, que somos... e no nosso ativismo, pouco ou nenhum tempo damos ao Senhor, não queremos pagar o sacrifício de andar em comunhão um com o outro por que nossos relacionamentos já são superficiais, por que no mundo pós-moderno não dá pra confiar; que lamentável isso!!
Cada vez mais é crescente o número de cristãos em suas casas, onde ouve as mensagens pela TV ou rádio, enfim, apenas porque não querem pagar o preço de "suportai-vos uns aos outros".
É necessário pagarmos o preço do sacrifício, de tirarmos a capa da religiosidade, da forma e viver a essência do ser cristão! As vezes o sofá está muito aconchegante, o cansaço é maior do que qualquer outra coisa, ou por que estamos com problemas, enfim, qualquer motivo serve para aquele que não paga o preço de servo. " vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim". Que preço você tem pago?
Se Cristo se sacrificou na Cruz por nós, é mister que nós, assim como Davi, não queiramos dar ao nosso Deus, sacrifícios que não nos custe nada. Se assim não for, não valerá o nome de Cristão.

Deus te abençoe grandemente.  

A Palavra nos manterá retos na opinião, confortáveis no espírito,
santos na conversação e esperançosos na expectativa.

- Pr. Spurgeon C.H.

Biografia

Faça seu comentário com o  facebook